16 de abril de 2009

como assim...?

(desenhado por Preto [e] Branco)


ser o que és... não sendo
querendo... mas não parecendo
e sim... temendo



11 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sérgio
Adoro esta linha de textos em que atinges a elevação na poesia.
Dói a contradição a mesma que alimenta a Primavera e a vontade de vida.
Por isso, Sérgio,vive o momento sem medo.


Abraço

Eärwen Tulcakelumë disse...

Simplesmente ser...

Pérolas incandescentes de carinho amigo entrego em tuas mãos.

Eärwen

f@ disse...

Olá Sérgio,

Que rendas a preto no branco o cinza de ti a(s)sim na poética desenhada interrogação que sonha ab r i r o céu onde se espraia o azul cinza no branco....
conchas e búzios misturados na espuma incerta n a areia...

vai vem de ondas...

e beijinho

GMV disse...

Não temas... sê!

Deixo-te umas palavras do meu Poeta preferido, porque sim:

"Quero,terei.
Se não aqui,
Noutro lugar que ainda não sei.
Nada perdi -
Tudo serei." [FP]

Um beijo de boa noite, querido Sérgio

Alexa disse...

Sergio:
Poesia no mais perfeito de pureza é assim que me fazes sentir ao ler-te infinitamente pura

obrigado



e um beijão

maria disse...

Sérgio,
interrogações requerem um sentido perdido, ignorado, escondido
a resposta estará certamente algures, à tua espera

tomara que essa tua interrogação se transforme na exclamação que te fizer mais feliz

obrigada pela tua visita, volta sempre

Alice Matos disse...

Querido Sérgio...

reflectes... em poucas palavras... o drama de muitas vidas... a distância que vai do querer ao ser... do ser ao parecer...

Beijo para ti...

delaRosa disse...

Hay tantos interrogantes... tantas preguntas sin respuesta... A veces las lanzamos al viento por miedo a que alguien o nosotros mismos las contestemos.

Un abrazo de corazón, querido amigo.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Ser simplesmente sendo

Adri disse...

Olá Sergio

Somos o que nossa alma transborda, podemos manipular nossos desejos e vontades, mas nunca nossa essência...

venho aqui agradecer suas palavras... e lhe dar um abraço bem apertado com carinho. Bju

Sol da meia noite disse...

Temer... leva a tudo o que aqui dizes e a tanto mais...

Beijinho *